• Dr. Lucas Moreira - Pneumologia

Cuidado Com a Fissura


A essa altura, imagino que você já deva ter parado de fumar e está lidando com a #fissura. Vamos entender melhor isso?


Como qualquer outra droga, a nicotina contida no cigarro provoca um fenômeno que se chama fissura. Fissura é a manifestação de sinais e sintomas devido à falta da droga no corpo.


• Sensação de angústia, dores no peito, taquicardia, suor, nervosismo são alguns dos sinais mais comuns. No entanto, isso são artimanhas do cérebro para que a pessoa procure o quanto antes o cigarro.


Como evitar a fissura?

Algumas dicas que parecem simples, mas são extremamente efetivas:


• Quando a fissura surgir, procure parar um instante e refletir: tentar trazer a mente para a “clareza” é o primeiro passo interromper a fissura. Mantenha em mente que as sensações que a fissura provoca são ilusões temporárias, chamadas de amplificação. Você não vai infartar e não vai enlouquecer caso não tenha o cigarro nas mãos.


• Redirecionar o movimento automático de procurar o cigarro por outro, como tomar água: o ato de ingerir água ajuda a desviar o foco do cigarro e hidratar o corpo.


• Enganar o automatismo oral: o ato de fumar leva a um condicionamento automático de levar o cigarro à boca. Ingerir frutas e legumes fracionados em pequenas porções engana o cérebro e ajuda substitui o ato de fumar. Alguns alimentos como gengibre, canela e cravo tem ainda o benefício de diminuir a fissura.


• Controlar a respiração: a partir do momento em que você respira com consciência dos movimentos torácicos, você consegue interromper a tempestade de adrenalina que a fissura provoca.


Estamos juntos nesse processo! Dúvidas, mande uma mensagem ou agende uma teleconsulta.


Conhece alguém que precisa de ajuda para parar de fumar?

Marque nos comentários


.

.

.


Instituto Vida - Medicina do Estilo de Vida

www.institutovidacuritiba.com

Alameda Augusto Stellfeld, 1466 - Bairro Bigorrilho, Curitiba (PR)

Whatsapp: (41) 9 9251-6181


______


#mev#vidasaudavel#saúde#prevenção#disciplina

0 comentário